terça-feira, 10 de outubro de 2017

QUESTÕES COMENTADAS: SERVIÇO SOCIAL NA CONTEMPORANEIDADE


         Ano: 2013 Banca: FCC Órgão: TRT - 5ª Região (BA)


O serviço social, enquanto profissão, insere-se na divisão sociotécnica do trabalho. Segundo Iamamoto (2005), a atuação profissional

a) responde, exclusivamente, às demandas do capital, pois não há saídas profissionais a este modelo econômico, não permitindo a possibilidade de fortalecer o capital e o trabalho na mediação do seu oposto.

b) supõe apreender a chamada prática profissional profundamente condicionada pelas relações entre Estado e Sociedade Civil, ou seja, pelas relações entre as classes na sociedade.

c) está deslocada deste contexto, pois as produções de conhecimento na área começam a mostrar a necessidade de não abordar o serviço social como trabalho.

d) deve permitir que os profissionais coloquem-se acima da contradição capital - trabalho, para que os usuários dos serviços a suspendam de seu cotidiano e busquem formas de superação de sua pobreza.

e) deve reforçar os direitos sociais, no entanto, estes não podem e não alteram o modo como as relações entre os indivíduos sociais se estruturam.


Analisando a questão:

a) ERRADO. Não responde exclusivamente às demandas do Capital. Iamamoto afirma que a atuação do assistente social responde tanto a demandas do capital como do trabalho e só pode fortalecer um ou outro pólo pela mediação de seu oposto.

b) CERTA.

c) ERRADO. Segundo Iamamoto, “a profissão de Serviço Social não está deslocada deste contexto, pois as produções de conhecimento na área começam a mostrar a necessidade de abordar o serviço social como trabalho e isso “[...] supõe apreender a chamada ‘prática profissional’ profundamente condicionada pelas relações entre Estado e Sociedade Civil, ou seja, pelas relações entre as classes na sociedade”.

d) ERRADO. Não é possível o profissional se colocar acima das contradições do sistema capitalista, pois a sua prática depende da apreensão da realidade social que decorre da contradição entre o capital e o trabalho; tampouco os usuários conseguem suspender essa contradição do seu cotidiano no âmbito dessas relações.

e) ERRADO.  À medida que o os direitos se realizam, alteram o modo como as relações entre os indivíduos sociais se estruturam, contribuindo na criação de novas formas de sociabilidade, em que o outro passa a ser reconhecido como sujeito de valores, de interesses, de demandas legítimas, passíveis de serem negociadas e acordadas. (Iamamoto, 2005).

Resposta: B

IAMAMOTO, Marilda Vilella. O serviço social na contemporaneidade: trabalho e formação profissional. 8. ed. São Paulo: Cortez, 2005.

Nenhum comentário:

Postar um comentário