domingo, 1 de outubro de 2017

OS MELHORES LIVROS DE SERVIÇO SOCIAL PARA CONCURSOS

Cada vez mais os concursos públicos estão exigindo um domínio teórico dos principais autores de Serviço Social.

Pensando nisso, estou disponibilizando uma lista dos principais livros cobrados em concursos na área de Serviço Social.

Lembrem-se que:


  • O estudo por livros exige um planejamento de longo prazo;
  • Comece a estudar antes da publicação do seu edital;
  • Estudar vai muito além de ler, é preciso realizar um estudo ativo com produção de resumos, mapas mentais, esquemas;
  • Quando sair o edital, estude pelo material produzido e resolva várias questões para entender como a Banca examinadora cobra o  conteúdo.

Vamos às indicações:


  •   Relações Sociais e Serviço Social no Brasil: esboço de uma interpretação histórico-metodológica: Raul de Carvalho e Marilda Villela Iamamoto. Este livro examina aspectos históricos e teóricos das atividades das instituições e dos profissionais do Serviço Social, procurando revelar aspectos das relações sociais. Traz uma proposta de Interpretação Histórico-Metodológica; a Concepção Teórica da Reprodução das Relações Sociais; O Serviço Social no Processo de Reprodução das Relações Sociais; Os Aspectos da História do Serviço Social no Brasil entre 1930 e 1960; A Questão Social nas Décadas de 1920-1930 e as Bases para a Implantação do Serviço Social;



  • Serviço Social na Contemporaneidade: Esse livro de Marilda Vilella Iamamoto, é um clássico do Serviço Social, trata sobre os impactos sobre o Serviço Social, referente às transformações societárias em curso e as alternativas para a formação dos assistentes sociais. Trata principalmente das mudanças no mercado profissional de trabalho na década de 80 e 90, o redimensionamento da profissão frente às transformações societárias recentes e a formação profissional na contemporaneidade.





  • Ditadura e Serviço SocialEsse livro de José Paulo Netto, com uma linguagem bem elaborada, aborda sobre o vínculo entre a autocracia burguesa e a renovação do Serviço Social, a erosão e deslegitimação do Serviço Social tradicional e traz as três principais vertentes de renovação (Perspectiva Modernizadora, Perspectiva de Reatualização do conservadorismo e Intenção de Ruptura) . Trata também sobre a reorganização do Estado, as modificações na sociedade e os impactos sobre a prática e a formação profissional.  
  • Serviço Social no Tempo de Capital Fetiche: Esse livro da Marilda de Vilella Iamamoto  faz uma análise completa da profissão no processo de (re)produção das relações sociais no movimento global do capital. A autora Marilda Iamamoto faz um apanhado sobre as particularidades atribuídas ao Serviço Social na divisão social e técnica do trabalho e suas implicações para a interpretação e condução do trabalho do Assistente Social na atualidade, assim como a natureza da profissão e o significado social de seu exercício no processo de produção e reprodução das relações sociais: teses, fontes teóricas e conseqüência, fazendo uma interlocução crítica com a literatura profissional brasileira referente aos fundamentos ao exercício do profissional do Serviço Social nos anos 80 e 90 e anos 2000.



  • Política Social: Fundamentos Históricos: Elaine Behring e Ivanete Boschetti. O livro é uma excelente introdução teórica e histórica ao tema Política Social. Tem como destaque a gênese e o desdobramento da Política Social nos países capitalistas e no cenário brasileiro. As autoras tratam a Política Social enquanto um processo inscrito na história e traça o caminho percorrido pela Política Social com base nas perspectivas metodológicas do funcionalismo, do Idealismo e da Tradição Marxista. Também aborda sobre o Keynesianismo-fordismo, Welfare State e a política social no Neoliberalismo.



  • Adeus ao Trabalho? Ensaio sobre as metamorfose e a centralidade no mundo do trabalho: Ricardo Antunes. Esse livro nos oferece uma análise minuciosa das transformações que atingem hoje em dia a realidade do trabalho. Na primeira parte aborda sobre fordismo, toyotismo, acumulação flexível e as metamorfoses no mundo do trabalho. Na segunda parte trata sobre reestruturação produtiva, crise contemporânea e os desafios atuais.



  • Estado, Classe e movimento Social. Carlos Montaño e Maria Lúcia Duriguetto traz uma análise conceitual sobre Estado e Sociedade Civil, e a categoria  Classe Social e sua complexidade, atrelada à relação Capital e trabalho, à consciência e a luta de classes. Também abordam sobre a formação do Estado Moderno e o seu desenvolvimento e o Modo de Produção Capitalista. Na ultima parte debruça-se sobre o tema Movimentos Sociais, Os Novos Movimentos Sociais e o chamado Terceiro Setor.


  • Instrumentalidade no Trabalho do Assistente Social: Iolanda Guerra Este livro tem se consolidado como um clássico no debate da profissão. Nele, a autora questiona a visão hegemônica da instrumentalidade como referida aos instrumentos operativos, compreensão atrelada aos limites de uma razão formal abstrata.



  • Ética e Serviço Social: fundamentos ontológicos: Maria Lúcia Silva Barroco traz um dos temas mais cobrados em concurso, com a leitura desse livro você aprenderá sobre nosso projeto ético político, sobre o código de ética e sobre suas respectivas importância ao Serviço Social.



  • Código de Ética do/a assistente social comentado. CFESS. Este livro traz os fundamentos e valores dos Códigos de ética de 1947-1986 e comenta o 'Código de Ética' em vigor, de 1993, na sua totalidade. As autoras se propõem comentar o Código em seus fundamentos sócio-históricos e ontológicos, bem como em suas possibilidades de materialização, no contexto de uma sociabilidade fundada na acumulação e na propriedade privada.



  • O Estudo Social em perícias, laudos e pareceres técnicos. O CFESS, em parceria com a Cortez Editora, traz instigantes reflexões que envolvem a elaboração de perícias, laudos e pareceres técnicos, tendo sido assunto muito cobrado nas mais recentes provas de concurso de Serviço Social.



  • Planejamento social: intencionalidade e instrumentação. Myrian Veras Baptista. Trata do planejamento como processo técnico-político, abordando seus elementos constitutivos - construção do objeto, estudo de situação, identificação de prioridades, definição de objetivos, estabelecimento de alternativas, planificação, implementação, implantação, controle, avaliação e retomada do processo. Nesse contexto, analisa a trajetória para tomada de decisões, suas técnicas e instrumentos, oferecendo conteúdos subsidiários a uma prática metodologicamente conduzida e tecnicamente consistente.



  • Serviço Social: Direitos Sociais e Competências Profissionais.  Trata-se de  uma coletânea de artigos do curso de especialização latu senso oferecido pelo CFESS em 2009, com diversos temas e conteúdos recorrentes nas questões de prova de Serviço Social. Esta obra não se encontra disponível para venda, porém pode ser adquirida em PDF pela internet.

 Assista os vídeos no Yotube:


Bons estudos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário