domingo, 6 de novembro de 2016

QUESTÕES COMENTADAS DE SERVIÇO SOCIAL: Política Social


Ano: 2016 Banca: CESPE Órgão: TRT - 8ª Região (PA e AP) Prova: Analista Judiciário - Serviço Social
        

Acerca da política social na contemporaneidade, assinale a opção correta.


Parte superior do formulário

a) Uma das tendências da proteção social contemporânea diz respeito à transformação do workfare (bem-estar em troca de trabalho) em welfare (bem-estar incondicional).


b) A política social consiste em provisão ou alocação de decisões tomadas pelo Estado e aplicadas verticalmente na sociedade.


c) Os conceitos de política social e estado de bem-estar equivalem-se no que se refere à garantia de direitos de cidadania.


d) A influência do Relatório de Beveridge sobre seguro social e serviços afins na construção da seguridade social destaca-se pelo fortalecimento de seu eixo contributivo em detrimento do distributivo. 


e) A compreensão do welfare state como um fenômeno contraditório deve-se ao fato de ele atender a necessidades sociais, impondo limites às livres forças do mercado, ao mesmo tempo em que preserva a integridade do modo de produção capitalista.



Analisando a questão: 

a) A transformação é ao contrário: de welfare state em worfare state.

b) Conforme Pereira a política social se apresentando como um "conceito complexo que não condiz com a ideia pragmática de mera provisão ou alocação de decisões tomadas pelo Estado e aplicadas verticalmente na sociedade".

c) Esping-Andersen afirma que "a idéia do Estado de Bem-Estar reside em sua extensão de direitos sociais de cidadania (1996), distinguindo-se de qualquer menú de prestações sociais oferecido pelo Estado. Por isso, afirma que “si pretendemos que tenga algún sentido, el estado de bienestar há de ser algo más que política social: se trata de una construcción histórica única, de una redefinición explícita de todo lo relativo al estado”.

d) Pelo contrário: Relatório de Beveridge sobre seguro social e serviços afins na construção da seguridade social destaca-se pelo fortalecimento de seu eixo distributivo.

e) Sobre o Welfare State, Potyara Pereira afirma que “seu surgimento, por conseguinte, está relacionado a demandas por maior igualdade e reconhecimento de direitos sociais e segurança econômica, concomitantemente com demandas do capital de se manter reciclado e preservado. É por isso que autores como Gough vêm o Welfare State como um fenômeno também contraditório, porque, ao mesmo tempo em que tem que atender necessidades sociais, impondo limites às livres forças do mercado, o faz preservando a integridade do modo de produção capitalista”. (PEREIRA, 2009, p.87)

Gabarito: E




Fonte:

PEREIRA, Potyara. A. P. Discussões conceituais sobre política social como política pública e de direito de cidadania. In: BOSCHETTI, I. (Org.). Política social no capitalismo: tendências contemporâneas. São Paulo: Cortez, 2009.

Nenhum comentário:

Postar um comentário